Confissões de uma garota solitária

15:42:00


Sabe aqueles dias em que tudo dá errado, e a única vontade que você tem é de  se esconder em um cantinho do seu quarto e chorar por horas? Normalmente, dias assim são muito frequentes na minha vida, e o pior de tudo, eu não tenho absolutamente ninguém pra contar, ninguém pra desabafar e me dizer que no final vai ficar tudo bem. Então a partir de hoje, vou fazer desse blog um diário das coisas péssimas e maravilhosas que acontecem na minha vida. Sim, eu morro de vergonha, mas é o único jeito de eu diminuir um pouquinho isso aqui que eu to sentindo.
Vocês com certeza já foram a praia, e com certeza já levaram caixote. São os segundos mais desesperadores que existe, você só consegue pensar em sair dali, e quando você sai, ta com a roupa de praia torta, o cabelo cheio de areia, e com o olho ardendo. Nossos problemas são quase isso, mas hoje, parece que eu to em um tsunami, parece que minha vida virou um tsunami de uns tempos pra cá. As vezes penso que não fui feita pra vida. É claro que eu tenho vontade de desistir, vontade de me afogar nessa tsunami em que me encontro, por mim, eu sumiria daqui amanhã. Mas, se eu me afogar, quem vai estar aqui quando isso tudo passar? Quem vai reconstruir tudo do zero? Se tem uma coisa que eu aprendi com tudo o que eu passei até hoje é que o tempo, ele é o nosso melhor amigo, porque realmente cura dores que parecem não ter fim, e faz aquele problemão se tornar pequenininho... Pode acreditar, vai passar.


You Might Also Like

0 comentários

Like us on Facebook

Flickr Images